Páginas

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

SUCO LIGHT !!

Oi, amigos.  Aí vai uma receitinha gostosa que uma amiga me repassou. É de um suco light. Lá vai :
 


 INGREDIENTES :


2 fatias médias de abacaxi
1 maçã vermelha picada
 600 ml de água de coco gelada
4 folhas de hortelã
 gelo a gosto
PREPARO :

Bater tudo no liquidificador e servir !!
 
 

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

SALADA GOSTOSA

Oi, amigos, o tempo vai ser curtinho até junho do ano que vem, quando der, vou chegando aqui e vou postando algo e também, comentando os amigos ...
Lá vai uma receita de salada que uma amiga me enviou  :
 
 
"Salada de beterraba com queijo-de-minas e folhas verdes 

INGREDIENTES

4 beterrabas pequenas
150 g de queijo de queijo-de-minas, cortado em cubos
1/3 xícara (chá) de azeite extravirgem (80 ml)
Suco de 1 limão rosa (ou outro qualquer)
1 colher (sopa) de mostarda tipo Dijon 
Sal a gosto

4 xícaras (chá) de folhas verdes variadas (alface roxa, lisa, frisée e endívia)
 
PREPARO

Em uma panela com água, cozinhe as beterrabas  por 25 minutos ou até ficarem macias. Enquanto isto, prepare o molho: em uma tigela, misture o azeite, o suco de limão, a mostarda até obter uma consistência mais cremosa. Tempere com sal e reserve coberto na geladeira. Escorra a água da beterraba e passe pela água fria. Descasque e corte em pedaços irregulares. Arrume as folhas em uma saladeira e junte as beterrabas e o queijo em cubos. Na hora de servir, regue com o molho."
 

Pela zona sul ...

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

SUCO DETOX COM MORANGUINHOS

Oi, amigos !

Passando aqui pra deixar uma receita bem deliciosa de um SUCO DETOX.

Lá vão os ingredientes :
 
1 copo (200 ml) de suco de morango (5 unidades)
2 folhas de hortelã
1 pitada de gengibre em pó
1 colher de sobremesa de semente de linhaça.
 
 
Bater no processador ou no liquidificador. Fica saboroso !
 
 
 
 
Circuito Araricá, junho/2014
(7. Lugar na Categoria)
 
 
 

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

BOLO DE CHOCOLATE FIT COM RECHEIO

BOLO DE CHOCOLATE FIT COM RECHEIO
Para a massa
  • 1 1/2 xíc. (chá) de farinha de arroz
  • 1/2 xíc. (chá) de farinha de feijão branco ou amaranto
  • 3/4 xíc. (chá) de fécula de batata ou amido de milho
  • 1/4 xíc. (chá) de goma de tapioca
  • 1 pitada de sal
  • 1 col. (chá) de canela
  • 1 xíc. (chá) de açúcar demerara
  • 4 ovos
  • 1/3 xíc. (chá) de óleo de girassol
  • 1 xíc. (chá) de leite de sua preferência (pode ser o vegetal)
  • 1/2 xíc. (chá) de chocolate 70% derretido
  • 1 col. (chá) de bicarbonato de sódio
  • 2 col. (chá) de fermento químico
Para o recheio
  • 2 col. (sopa) de fécula de batata
  • 2 xíc. (chá) de leite de amêndoas
  • 2 gemas peneiradas
  • 2 col. (sopa) de açúcar demerara
  • ½ fava de baunilha
  • 1 xíc. (chá) de chocolate 70% cacau picado
  •  
     
    Modo de preparo

    Misture a farinha de arroz, a farinha de feijão branco, a fécula de batata, a tapioca, o sal, a canela e reserve. No liquidificador, pulverize o açúcar até ficar fino. Em seguida, acrescente os ovos e bata por 5 minutos. Aos poucos, coloque o óleo. Sem parar de bater, acrescente a mistura reservada e o leite. Incorpore o chocolate derretido, o bicarbonato e o fermento. Coloque a massa em uma forma untada com óleo e cacau em pó e leve ao forno pré-aquecido a 170 graus por aproximadamente 30 minutos. Enquanto isso, em uma panela, prepare o recheio: em fogo médio, dissolva a fécula de batata no leite, adicione as gemas e mexa sem parar. Acrescente o açúcar e a fava de baunilha até engrossar. Retire do fogo e adicione o chocolate picado, misturando bem todos os ingredientes. Assim que o bolo esfriar, corte ao meio e recheie. Cubra com papel filme e leve à geladeira para esfriar.
     
     
    **  FONTE : site SuaCorrida.
     
     
    Corrida de Natal
     
     
     
     
    

    segunda-feira, 24 de novembro de 2014

    FLEXIBILIDADE PARA SALTAR MAIS RÁPIDO

     
     
    "Flexibilidade para saltar mais alto
    Alongar depois dos exercícios pliométricos melhora a eficiência dos saltos e aperfeiçoa o movimento da corrida
     
    Como a pliometria trabalha em um ciclo de alongamento e contração muscular, nada mais natural do que encerrar a sessão de treino com exercícios que alonguem a musculatura envolvida, otimizando os benefícios. O treinamento continuado traz como efeito crônico o aumento de flexibilidade, o que resulta em maior amplitude para os movimentos, melhorando a execução da próxima sessão de exercícios, com ganhos diretos e crescentes sobre a eficiência da corrida.
    Entre as regiões que devem merecer mais atenção no alongamento pós-pliometria está a musculatura posterior da coxa (os isquiotibiais), explica Paulo Correia, mestre em fisiologia do exercício. Junto com os isquiotibiais, é preciso alongar também os grupos mais utilizados nos saltos, como quadríceps, adutores, flexores de quadril e panturrilhas. “Como esses músculos são muito solicitados, é importante relaxar as fibras musculares e evitar a dor tardia”, alerta Hayla Jatobá, fisioterapeuta da Fisio Run, de São Paulo.
    Antes de começar, um alerta: é importante esperar alguns minutos para resfriar o corpo, que acabou de passar por um período intenso de atividade, para então iniciar o alongamento. “Indico o desaquecimento para que a musculatura volte à posição fisiológica normal”, recomenda Maurício Garcia, coordenador de fisioterapia e gestor do Instituto Cohen de Ortopedia, Reabilitação e Medicina do Esporte. A opinião é compartilhada pela fisioterapeuta Hayla. “Um alongamento muito forte após um exercício intenso pode causar lesões como estiramento ou mesmo ruptura de fibras musculares”, alerta.
    Nunca é demais lembrar que o alongamento é importante na prevenção de dores e machucados, diz Hayla. “O músculo sem flexibilidade está mais suscetível a ter um estiramento durante os exercícios pliométricos, em que são muito exigidos.”
     
    ** texto de Ainá Vietro, Site SuaCorrida.
     
     
     
     
     
     

     
     

    sexta-feira, 21 de novembro de 2014

    ALIMENTOS PARA DETONAR A GORDURA ABDOMINAL

     
    Oi, amigos, tudo bem ??


    Deixando um textinho bem legal do Site SuaCorrida, a respeito de alimentos que ajudam a reduzir a gordura do abdômen. É da autoria de Raquel Baccarini. Lá vai :
     
    "Alimentos para detonar a gordura abdominal
    Saiba quais são os aliados do cardápio para deixar a cintura fininha até o verão
     
    Com as altas temperaturas batendo a porta, a vontade de perder os quilinhos restantes para ficar mais fininha até a estação mais quente do ano é inevitável. O segredo é apostar em uma alimentação saudável com as melhores combinações de nutrientes.
    A nutricionista Isabel Andrade, da clínica Venutri dá a dica: incluir fibras, legumes e alimentos termogênicos no cardápio fazem uma grande diferença para quem deseja eliminar especialmente a gordura abdominal.
    A seguir, confira algumas recomendações da nutricionista que vão trazer vantagem na briga contra a balança!
    Legumes, cereais integrais e fibrasAo distribuir no cardápio alimentos como aveia, vegetais crus (especialmente folhas) e grãos integrais, você estará fornecendo ao corpo grandes fontes de fibras, que auxiliam na sensação de saciedade sem aumentar a ingestão calórica. Eles ainda possuem nutrientes como o cálcio, ácido fólico, potássio, vitamina C, vitamina A, vitamina B, vitamina E e magnésio, que fazem um papel importante na batalha contra as gorduras da barriga.
    Gorduras do bemAzeite, castanhas e nozes são ricos em gorduras poli-insaturadas e monoinsaturadas, logo, auxiliam na diminuição do colesterol e dos triglicerídeos. Entretanto, pelo fato de serem alimentos altamente calóricos, é importante que se faça sempre o consumo de forma moderada.
    TermogênicosChá verde, pimenta e canela são grandes aliados das dietas para emagrecimento. Eles aceleram o metabolismo e contribuem para a queima de calorias mesmo nos períodos de descanso das atividades físicas.
    Vitamina CBrócolis, pimentão, kiwi, limão, toranja, entre outros, são alimentos que através da vitamina C contribuem mais rapidamente com o processamento das gorduras. Assim, possibilitando também uma perda de peso mais acelerada."
     
     
     
    Circuito Let's Run, novembro/2014.
     
     

    segunda-feira, 17 de novembro de 2014

    CORRIDA E DORMIR BEM ...

     
    Oi, amigos, tudo bem ?
     
     
    Hoje deixo um textinho do Olavo Guerra, do Site SuaCorrida, a respeito do ato de dormir de maneira suficiente.  É bem básico, mas vale a pena ler e conferir. Lá vai :
     
    ''Sono em dia para manter o rendimento

    Dormir bem é fundamental para corredores amadores estarem bem tanto na hora dos treinos quanto para encarar a rotina do cotidiano
     
    Os benefícios da corrida para a saúde de uma pessoa são inúmeros. Um dos menos citados é a melhora na qualidade do sono. “A atividade ajuda no desenvolvimento das funções básicas. Isto é, estimula a redução da pressão arterial, frequência cardíaca e síntese de gordura”, afirma Mozart Pucci, fisioterapeuta especialista em sono da Physical Care. Com isso, as noites acabam sendo melhor aproveitadas para o descanso.
    Entretanto, invariavelmente, algum distúrbio do sono – qualquer dificuldade relacionada ao ato de dormir, incluindo a dificuldade de adormecer do de se manter dormindo – pode atrapalhar o atleta. Cansaço, irritabilidade e queda de rendimento são alguns sintomas sentidos. Vale lembrar que, além dos treinos, os corredores amadores precisam trabalhar e/ou estudar. Logo, o sono precisa estar em dia para não haja prejuízo nem no deveres nem na hora de se exercitar.
    Caso você esteja sentido algum dos sintomas acima, o ideal é procurar por uma polissonografia. “Nesse exame, é possível avaliar o padrão do sono por meio de sensores posicionados pela superfície do corpo”, comenta Pucci. Entretanto, algumas dicas passadas pelo especialista podem, desde já, ajudar
  • Mantenha a temperatura do quarto agradável;
  • Evite carne vermelha, frituras e alimentos gordurosos antes de dormir. Opte por uma refeição mais leve;
  • Procure deitar-se sempre no mesmo horário;
  • Ao deitar, evite ficar no celular, tablete, notebook ou qualquer aparelho que possua emissão de radiações.
  • A apneia obstrutiva do sono é um dos distúrbios mais comuns. “Ela obstrui as vias aéreas, impedindo o ar de chegar aos pulmões, interrompendo o sono inúmeras vezes durante a noite”, explica o médico. Como a apneia não tem cura, seu controle pode ser feito por meio de um aparelho chamado CPAP – uma máscara conectada ao nariz mantém o fluxo de ar o tempo todo.
    Pucci exalta que uma boa noite de sono é muito mais importante do que parece. “Dormir mal, em um tempo curto, acarreta em problemas como a sonolência, irritabilidade, cansaço e a diminuição da capacidade de memória”, diz. “A longo prazo, o quadro pode se agravar, gerando alterações cardiovasculares, hipertensão e fadiga crônica de depressão.” De acordo com o especialista, um tempo ideal de sono para um adulto é de seis a oito horas por dia."
    Let's Run, novembro/2014.